quarta-feira, 23 de junho de 2010

Isso não quer dizer nada


Muitas vezes me peguei refletindo sobre o porquê as pessoas cismam em dizer que conhecem as outras só pela aparência ou pelo jeito. E cheguei a conclusão de que isso precisaria ser discutido no blog. Consequentemente não me utilizo muito do senso de humor para tratar do tema. Pesquisei um pouco para que esse post viesse com uma base teórica que fomentasse as idéias aqui tratadas. Sendo assim, busquei ajuda na psicologia. Pois então, caros leitores. Todo mundo sabe que a sociedade não evolui junto com as ciências humanas. Na psicologia descobri que existe uma escola de pensamento chamada behaviorismo, ou seja, a teoria comportamental. Esta já ultrapassada em termos científicos. Mas como foi citada anteriormente, a sociedade não evolui junto com as ciências humanas. Sendo assim, vamos aos tão saborosos exemplos. O fato de um homem ser gay não significa que ele seja sensível e fraco. O que diríamos dos travestis que mais parecem lutadores de vale-tudo ou pit-boys? Ou então dos bombeiros dos Estados Unidos que dominam a parada gay da cidade de São Francisco? Ou seja, o homem não pode ser definido somente pelo seu comportamento( este não só a forma de agir, mas de se vestir e os trejeitos que caracterizam alguém). Os seres humanos não podem ser estudados pelas estatísticas das pesquisas do “Fantástico” que sempre soam extremamente deterministas. Voltando ao ramo da psicologia, a escola de pensamento mais aceita atualmente é a TCC (Teoria Cognitiva Comportamental), falando português, é uma teoria que estuda o corpo e a mente. Sendo assim, cada ser é único, e não existe como reduzí-lo a um esteriótipo. O problema é que ainda estamos presos a eles. Basta ver que a alfândega dos Estados Unidos sempre barra um sujeito que tenha a pele parda e seja barbudo, pensando logo se tratar de um terrorista. Mas nem tudo é o que parece. Afinal, nem todo nerd é virgem ou encalhado, nem toda mulher pra ser gostosa tem que ter necessariamente dois neurônios, e tristemente dizendo, nem todo padre tem uma vida sexual inativa. A verdade é que a todos os dias podemos nos surpreender com as exceções. Basta lembrar da Igreja Contemporânea que a cada dia recebe mais um homossexual querendo louvar a Deus e salvar sua alma. E, além disso, querendo casar na igreja conforme manda o figurino. Ou então ver na TV alguma história de superação estilo “Joseph Klimber” de um homem tetraplégico que pinta com a boca ou de um japonês que virou garoto de programa pra sobreviver. O negócio é se desfazer dos esteriótipos. Afinal, eu não sou um bom escritor só por ser jovem? Isso não quer dizer nada.

18 comentários:

' נємίммα мєиdoиçα ' disse...

Estatistica nunca é uma certeza! São só suposições! As pessoas não devem ser denominadas. Não é verdade! gostei do que você falou e concordo!

Brad Pághanni disse...

Suuuuuuuuuuuuuuuuuper maneiro seu blog cara! Vou virar leitor fiel. Muito engraçado as coisas que você escreve e muito criativo também, usar o nada para falar sobre tudo!
Po, se você quiser me seguir, meu blog é http://indoverso.blogspot.com/
Abração

Virei seu leitor numero 1

Rafael disse...

rsrsrsrsrsrs porra ja ri quando vi os simpsons fazendo presença no blog rsrsrsrsrsrs po mt manero teu blog lek! nada melhor q falar sobre nada d um jeito engraçado, pq rir eh a melhor coisa do mundo!

po to te seguindo ;)
toma meu blog, da uma olhadinha rsrs
( http://rafoguense10.bloggeiros.com )

MarcusStanford disse...

Ótimo texto. Isso mostra que ou "Nada" sabemos ou "Nada" queremos saber! Gostamos mesmo é de rotular!Somos a maior empresa de Rotulos do Mercado! Lideres Mundiais!

MarcusStanford disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ana R. disse...

Lamento, foi um mal entendido.

Rodrigo disse...

caramba john como sempre vc pegando na ferida da sociedade de um jeito muito delçicado e inteligente continue assim irmão !!! abraços

Sandro Batista disse...

Realmente um dos maiores problemas da sociedade é o pré-julgamento, com base em fundamentos, ou o famoso PRÉconceito. Ó ser humano, seu caráter, sua essência, não deve ser tratado como matemática, onde tudo tem uma regra. O "ser" humano, é justamente não ter uma equação matemática que o exemplifique. As aparências quase sempre enganam...

Abração

http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

Rafael disse...

ai queria falar com vc sobre uma parceria! vo t mandar meu orkut e agente se fala melhor por la! mas vai la msm! ta ai: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=7844808459218869386&rl=t

ateh!

Cristina Moura disse...

adorei seu blog, ainda mais dos simpsons hihi
to seguindo :]

Micael araújo Andrade disse...

Você escreve muito bem, estamos sempre julgando, estupidez humana!!

Kelly Christi disse...

eu tbm. ja fui julgada por ser jovem escritora, mas acontece... a sociedade so finge que evolui, mas no fundo é mais tapada ue outra coisa.

post mto bom

bjoka

http://www.pequenosdeleites.blogspot.com

Guilherme Lombardi disse...

A sociedade é iludida a acreditar que evoluiu! Mas tudo não passa de grande mentira! As pessoas continuam com os mesmos velhos pré-conceitos de sempre!

Djoni Filho disse...

Bem interessante seu texto. Mas acredito que não é necessário se aprofundar tanto em estudo psicológico ou sociológico para falar sobre os estereótipos. Discordo, em tese, com o que voce diz sobre o estereótipo. As vezes ele é necessário, é o único meio de defesa que nós temos. Claro que não deve-se confundir defesa com preconceito desnecessário, ou, principalmente com discriminação. Isso é ilegal, imoral e ilógico. Mas nem sempre esteriotipar alguem quer dizer, em si, um problema.

Se quiser saber totalmente meu ponto de vista acerca do que você expos, visite meu blog. Achei tão interessante sua postagem que resolvi fazer uma contra-postagem.

Parabens pelo seu blog. Acho que voce nem lembra de mim. Fui que escrevi essa parte do "crônicas sobre o nada" na imagem de exibição que voce me passou via-msn, rs. Fiz pelo photoshop, básico.

Abraços.

http://divulgandoedebatendo.blogspot.com

;) Se gostar siga meu blog, como fiz com o seu.

No caminho das redes! disse...

http://rafoguense10.bloggeiros.com/Eu-quero-Fut-b1/MUSICA-ESPECIAL-PARA-O-BRUNO-b1-p29.htm

musica feita ironisando bruno! rsrsrs ;)

Macaco Pipi disse...

a certeza é bem mais que números!

Francorebel disse...

Estereótipos, psicologia cognitiva comportamental querendo determinar o ser humano com seus conceitos com os quais não concordo, enfim... post interessante e reflexivo... valeu!

Mister Neurotic disse...

Odeio ouvir coisas como, qual a diferença do gay para o homem? Parece até que ser gay é deixar de ser homem. E quando um gay diz que tem vontade ser pai e recebe olhares diferentes. Não é por ser gay que um HOMEM perde a paternidade. Estou de acordo com o que diz na crônica. Estereótipo é realmente algo muito preconceituoso.