sábado, 17 de janeiro de 2009

Nada contra você.


A frase “nada contra você” talvez possa ser o lema dos inimigos não-declarados. Aqueles seres que te fazem parecer um paranóico diante de todos. Já que inimigos só nós mesmos somos capazes de reconhecer. Você ainda não sabe reconhecer um inimigo não-declarado? Pois bem. Então vamos fazer um estudo sobre esse indivíduo. O ponto primordial e aquele que vai ditar todas as regras de uma investigação para descobrir o Judas em nossas vidas é um termo criado por mim, chamado pseudo-nada. O que é o pseudo-nada? É o tudo disfarçado de nada. Vejamos exemplos para que você entenda melhor o pseudo-nada. Lembre daquele seu colega de trabalho que faz de tudo para te prejudicar e ainda diz que te adora ou da sua sogra que fala que não tem nada contra você, mas que vive empurrando outra pretendente pro seu namorado. Como perceber o pseudo-nada? É simples. Existem duas maneiras de percebê-lo: a primeira maneira é pelo espírito de competição; a segunda maneira é pelo espírito de porco. O espírito de competição pode ser identificado desde aquele seu vizinho que disputa a decoração da casa no natal até aquela sua amiga que compra tudo o que você quer comprar antes de você só para te irritar e depois dizer que vocês possuem o mesmo gosto. O espírito de porco pode ser identificado naquelas pessoas que adoram te colocar defeito e que por mais que você tenha ficado horas se arrumando diante do espelho, que tenha feito uma dieta suada, que tenha ralado na academia e que tenha gastado rios de dinheiro com cosméticos para cuidar da pele. Toda vez que te encontram, elas sempre acham que a sua roupa não combinou muito, que você está um pouco acima do peso ou que parece que você está com algum problema de saúde. A solução para afastar de nós todos aqueles que nos odeiam e que usam o pseudo-nada para nos infernizar é pagar não na mesma moeda. Porque se eles usam o real, a gente usa o euro. Sejamos superiores e usemos sempre a mesma estratégia para mostrar a eles que não nos importamos com as suas críticas e nada que tentem fazer para nos atingir, a auto-estima. Por mais que você se sinta um lixo quando acordar pela manhã e perceber que de alguma maneira o seu inimigo não-declarado estava certo quando disse que você tem uma gordurinha sobrando, diga sempre que está satisfeito com o seu corpo. Por mais que você seja um freqüentador assíduo da sessão de auto-ajuda das livrarias, jamais diga isso a eles. Mostre que você não precisa de conselhos para resolver os seus problemas. Porque uma mentira quando é dita cem vezes, se torna verdade. Então acordemos pela manhã e passemos a dizer para nós mesmos que somos os melhores, perfeitos e auto-suficientes, no maior estilo Narciso. Sendo assim, a gente se torna indiferente a qualquer crítica feita por sogra, por colega de trabalho, por amigo falso ou por vizinho. E eu por aqueles que dizem que tenho que lutar para conseguir ser escritor, mas que vivem criticando o meu blog.

39 comentários:

Spike disse...

mto bom hahahaha
eu só tenho inimigos declarados =P

Sampaiorama disse...

ASUhUShAshA....Muito bom texto cara, por isso que aqueles que não confio, eu rapidamente os afasto.

Marcus Vinicius disse...

Todos temos esses inimigos e o mais engraçado. É que nem sempre sabemos quem são. A única coisa que é certa é que não temos certeza cabendo-nos acreditar apenas em nós mesmos.Por mais que amemos alguém a desconfiança sempre existirá enquanto houver resquício de magoas e sentimentos mesquinhos em nossos coração. Não digo que é fácil não tê-los, mas temos que aprender a lidar com eles. Como nunca conseguiremos ausentá-los ,ao menos eu acredito nisso, morremos impuros e por este motivos passiveis de desconfiança. Deste modo podemos nos preocupar com esses inimigos não declarados ... Mas em um outro sentido. Naquele de pedir por ele em suas orações e perdoá-lo sempre . Não apenas para que você seja maior que ele mas também para que ele te sirva de degrau para um entendimento que talvez ele mesmo desconheça e acabe aprendendo com você. Seu inimigo “não- declarado” pode potencialmente ser um “aluno-antenado” esperando apenas que alguém o ensine a viver.

thaiana disse...

muito bom mesmo o seu post!!!
http://thplacebo.blogspot.com/

jcdigital disse...

Muito bom, nunca tinha ouvindo falar e nem pensado na teoria do pseudo-nada.

;)

Moscote disse...

Do jeito que eu sou paranóico, antes mesmo de terminar a leitura eu já tenho em minha lista pelo menos uns 10, no mínimo!

Sucesso!!

_--lukinhas--_ disse...

muito legal

passa la no meu

http://lu-games.blogspot.com/

grupo gauche disse...

adorei o termo, pseudo nada!!!) e adorei o pagar na mesma moeda... se eles usam o real eu uso o euro ahahhaa muito bom, um texto leve, que te faz perceber que temos mesmo muita gente com essas características próximos a nos... eu mesmo tenho altos inimigos não declarados com todas essas características q vc tão bem apontou. adorei o texto!

Paloma Piragibe - PP; doisP; doisps disse...

também prefiro a não convivência daqueles que não me passam uma enregia legal... de gente ruim?! Tô foraaaaaaaaa hahahaha

Aquele abraço e até mais,

www.doisps.blogspot.com

Leo disse...

kakaka

eu ja falei muitas vezes isso:
CINICAMENTE...
adoro essa frase.
INIMIGOS NAO DECLARADOS COM CERTEZA, aquelas pessoas insignificantes na sua vida que nao se vale a pena nem ser inimigo, dai falamos: NADA CONTRA VOCE.
kakaka

Isis disse...

Pq não fico surpresa de ter tantas pessoas assim ao meu redor?? rs.
Na verdade todos temos e muito.
E adoro seus post.

Isis disse...

E ah só pah vc saber! Eu não tenho nada contra vc (realmente)...hauhauhua

Raíssa Christini disse...

Ser escritor? vc está no caminho certo, garoto!
texto interessantíssimo, gostei do termo recém-inventado: pseudo-nada.

O espírito de porco eu acho que é o que mais nos acompanham, sabe como é, pessoas caras-de-pau nesse mundo existe de sobra, enfim.
:)
http://raissachristini.blogspot.com/

Bela Salazar disse...

Escreves muito bem João! Ótima crônica! Se u blog tem um conteúdo maravilhoso :D
Vá em frente, escrever é uma arte que se desenvolve com a gente...
Parabéns pelo blog ^^
Beijo

nemuel disse...

melhor ter perto inimigos declarados do q dos nao-declarados... aff!
hihihihi

Rodrigo Andolfato disse...

É triste ler isso e descobrir que muitos do que considerava amigo são na verdade inimigos!!

parabéns pelo texto!

http://sociedadedosmalas.blogspot.com/

Dessinha disse...

Nunca tinha pensado assim !

Dessinha disse...

;p

LëO disse...

Identifiquei varios agoras
hahauhauah
Na contra eles é claro!
kkkk

http://drospabout.blogspot.com

Éter Na Mente disse...

kkkkkkkkkkk

Muito bom amigo... gostei demais

Pretty, Bruna disse...

"Porque se eles usam o real, a gente usa o euro"

É isso ae! 8) hsauhusahshaua
Cara, muito bom, teu texto recuperou minha auto-estima de exibida e existencialista que tá pouco se lixando pros outros. Ela tinha sido coberta pela nerd certinha defensora dos fracos e oprimidos! =D
hasuhusahusa
Bjo.

Marcela disse...

de repente me sinto rodeada de inimigos não-declarados. Ainda preciso os declarados, são sinceros o suficiente pra nos faz enxergar aquilo que está um pouco equivocado em nós. Excelente blog, vim parar por acaso e adorei.

Marcela
www.cafezinho.blogger.com.br

мiмi ' disse...

sabe que eu nao tenho inimigos?
tem até um ou outro que eu nao goste mas eu me dou bem com todo mundo...sou muito zen.

huhauhaa

;*

Casa do Besouro disse...

Texto divertido,engraçado e acima de tudo muito real e escrito de uma forma bastante compreensivel.

Pseudo-nada são apenas pessoas inseguras que jogam a sua incompetencia para cima dos demais.


www.casadobesouro.blogspot.com

Luan A. Miolo disse...

Interessantíssimo o teu post *-*

Isa Lellis disse...

Adorei seu blog!
Principalmente esse texto...Foi uma otima definição de inimigos não declarados...

Parabens!


Bejo!

tiu disse...

'



toos temos inimigos.. ;P

Mulherão disse...

Definitivamente estamos cercados de Judas. O termo eu já conhecia, porque entre amigos chamamos de judas pessoas que reclamam muito e que gostam de por defeito nas coisas, os que se fingem de amigos pra por defeitos nas conquistas alheias.
Tudo tem haver com uma historia bizarra de um boneco de Judas que fizeram de uma pessoa que conheço.

Adorei o Blog!
Beijos

maria laura ( a má ! ) disse...

Adorei seu post, mto verdade ! Alias adorei seu blog inteiro ! Tá de parabéns ! beeijos ! :*

Guilherme disse...

Nossa, eu tenho tantos pseudo-nadas na minha vida hahahha
Amigo, seus posts são ótimos. Eu quero um autógrafo rs que brega eu! hahahha

Mel disse...

Teu blog é perfeito.
Adorei.
Bjus

Ana Lucia Nicolau disse...

é verdade, quando alguém diz não tenho nada contra fulan, dá uma impressão de despreso...não tem nada contra, mas, também, não tem nada a favor...

Lila. disse...

Adoooorei Juanito! *_*
To divulgando, haaam!

Priscila disse...

gostei do teu blog, tem textos criativos, alias tudo aqui esta bem criativo.
Sorte e sucesso com ele .
Beijos, da uma passada no meu se puder.

Diego Santos Trindade disse...

opa, teu blog é show passei aqui pra te avisar que por este motivo deixei um prêmio pra vc lá no meu blog, dá uma passada lá. Abraços. Teu blog merece

Marília Ferreira disse...

óóótimo post!
auhsuahsu
É assim mesmo que acontece :T
infelizmente..

http://mahhferreira.blogspot.com/

beeijos

Mulherão disse...

Adorei seu blog, teorias, o sarcarmos, tudo!
Por isso vim te premiar com o selo "Olha que Blog Maneiro"

Vai lá no meu blog, pegue o selo e premie os seus blogs preferidos!

Parabéns!

Beijos.

www.clubedomulherao.blogspot.com

Fernanda Veiga disse...

dificil reconhecer inimigos..mas eh auqilo! o mais proximo eh quale que vai te trair mais tarde. acredito nisso!

bjsss

Isabella disse...

adorei best ... e vc tem q lutar msm pra ser escritor, pq o talento ja tem d sobra ! rs ...